Gestão de marketing: 4 dicas de como elaborar bons relatórios

Gestão de marketing: 4 dicas de como elaborar bons relatórios

Não podemos falar em gestão de marketing sem citar a elaboração e o acompanhamento de relatórios. Afinal, eles devem ser analisados para saber se as ações desenvolvidas estão trazendo resultados positivos para a empresa ou não.

Esses documentos também são úteis para que o gestor de marketing possa prestar contas para os diretores ou CEOs, justificando os investimentos que a empresa faz na área e até mesmo despertando o interesse para que mais verbas sejam destinadas para o orçamento de marketing.

Para que você saiba como elaborar bons relatórios na gestão de marketing, desenvolvemos uma série de dicas. Confira nos tópicos a seguir!

1. Organize as informações

As informações de um relatório de marketing precisam ser organizadas corretamente e de maneira cronológica, tendo início, meio e fim. Por isso, é preciso criar um layout padrão e com uma estrutura adequada.

Tudo precisa ser organizado para que qualquer pessoa leiga no assunto possa compreendê-lo, caso o pegue para ler. Gráficos e figuras devem conter uma legenda explicativa, por exemplo, para facilitar o entendimento de seus elementos em apresentações feitas para a direção da empresa.

2. Descarte as métricas desnecessárias

Métricas tidas como secundárias e até mesmo as de vaidade, como a quantidade de seguidores que uma marca tem nas redes sociais, não têm necessidade de estarem em um relatório de marketing.

A ideia é que você disponibilize apenas os dados que sejam realmente relevantes para as suas estratégias e que demonstrem os resultados alcançados com uma ação, como a quantidade de vendas que um produto teve após uma campanha, as conversões geradas de leads em clientes etc.

3. Trace linhas do tempo e comparativos

Desenvolver linhas do tempo é bastante relevante em um relatório de marketing. Elas podem indicar como uma estratégia foi positiva, gerando mais resultados do que em períodos anteriores, por exemplo.

Os comparativos podem indicar se um método deve ser mantido ou se é melhor ser deixado de lado e um novo ser desenvolvido.

4. Identifique quais dados são mais valiosos

Cada empresa ou estratégia tem um objetivo específico em uma ação de marketing, de modo que os dados que são relevantes para uma podem não ser para outra e vice-versa.

Porém, existem algumas métricas que geralmente são de interesse de todas as organizações e que estão presente em quase todos os relatórios de marketing. Podemos citar, como exemplos: a exposição da marca, a geração de leads, a quantidade de vendas, a fidelização de clientes, o ROI das estratégias, entre outros.

Os relatórios podem ser feitos por estrategistas de marketing e também por assessores de imprensa — ou até mesmo por ambos, trabalhando em conjunto. Se você seguir essas nossas quatro dicas, é provável que conseguirá fazer um bom relatório de gestão de marketing e impressionar a direção da sua empresa com os resultados que alcançou.

E então, gostou deste texto? Se você quiser saber mais sobre essas duas áreas da comunicação, recomendamos a leitura de nosso artigo sobre as diferenças entre a assessoria de imprensa e o Inbound Marketing!

Relacionado

No Comments

Post A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.