Enciclopédia do Rádio Esportivo Mineiro biografa 382 radialistas

As jornalistas Nair Prata, que participa de media trainings do  GRUPO INTERFACE, e Maria Claudia Santos, da Radio Itatiaia, realizaram um projeto de peso sobre a história do rádio esportivo de Minas Gerais: a Enciclopédia do Rádio Esportivo Mineiro, que biografa 382 radialistas de todos os tempos. O livro é fruto de um projeto de pesquisa das jornalistas Nair Prata (UFOP) e Maria Cláudia Santos (Rádio Itatiaia) e contou com a participação de 101 autores, entre professores, pesquisadores, profissionais de mercado e estudantes de graduação e pós-graduação. A obra, publicada pela Editora Insular, tem capa do jornalista e chargista Son Salvador e prefácios do presidente da Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE), Luiz Carlos Gomes e do vice-presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão e diretor-presidente da Rede Itatiaia de Rádio, Emanuel Carneiro. O lançamento do livro, aberto ao público, será no dia 24 de março, das 19h às 22h, no Mineirão.

A professora da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), a jornalista Nair Prata, explica que o trabalho de pesquisa durou três anos e teve o objetivo de realizar um inventário biográfico dos principais profissionais com atuação na editoria de esportes do rádio do Estado. Segundo ela, “o propósito da pesquisa foi contar a história do rádio esportivo mineiro – ou pelo menos parte dela – por meio da trajetória dos profissionais que a construíram”.

A coordenadora de Jornalismo da Rádio Itatiaia, a jornalista Maria Cláudia Santos, lembra que, para ser viabilizado, o projeto buscou parcerias com o mercado, como a AMCE, o Sindicato das Emissoras de Rádio e Televisão de Minas Gerais (SERT-MG), a Multimarcas Consórcios, Minas Arena e Museu Brasileiro do Futebol. Ela explica que, “em momento algum, os patrocinadores fizeram qualquer ingerência no conteúdo da obra ou na escolha dos biografados, mantendo, assim, o produto tal qual foi concebido inicialmente. Cabe ressaltar a importância desta parceria entre academia e mercado, que se mostra profícua quando ambas as partes têm em comum o desejo de produzir e disseminar as pesquisas e o conhecimento”.

As jornalistas organizaram também, em 2012, a Enciclopédia do Rádio Esportivo Brasileiro, publicada pela Editora Insular, com biografias de 231 radialistas de todos os Estados, trabalho que contou com a participação de 121 autores. A Enciclopédia do Rádio Esportivo Brasileiro foi um projeto de investigação coletiva do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).

A pesquisa para a Enciclopédia do Rádio Esportivo Mineiro foi dividida em quatro fases: levantamento dos nomes dos profissionais que já atuaram ou ainda atuam no rádio esportivo mineiro, de setembro/2010 a janeiro/2011; levantamento dos pesquisadores interessados em participar da pesquisa, de fevereiro/2011 a março/2013; coleta de dados e produção dos textos, de março/2011 a dezembro/2013; produção e publicação do livro: a partir de novembro/2013.

Na primeira fase do trabalho, de levantamento dos profissionais que já atuaram ou ainda atuam no rádio esportivo mineiro foram desenvolvidas algumas ações: as autoras entraram em contato com todas as emissoras de rádio de Belo Horizonte que já tiveram ou ainda têm algum tipo de noticiário esportivo e pediram que lhes fosse enviada a relação dos nomes, com possíveis contatos, dos radialistas com passagem pela emissora; entraram em contato com os profissionais mais tradicionais do esporte, do rádio e da comunicação de Minas Gerais e fizeram a eles a seguinte pergunta: quem já trabalhou com rádio esportivo em Minas?;enviaram aos blogs, sites e redes sociais ligados ao rádio e ao esporte um pedido para que as pessoas fizessem listas com nomes de radialistas esportivos; consultaram livros, revistas e sites sobre rádio e esporte em busca de nomes de radialistas; realizaram várias visitas e consultas à AMCE em busca de nomes de radialistas esportivos; com a grande divulgação alcançada pela pesquisa, na mídia, até o encerramento do trabalho ainda chegavam nomes de radialistas para serem incluídos na lista dos biografados; alguns radialistas, ao ficarem sabendo da pesquisa, encontraram em contato com as autoras, se oferecendo para serem biografados.

SUPER EQUIPE

Essa coleta resultou numa grande profusão de nomes de radialistas enviados por emissoras, torcedores, sites, jornalistas, etc. Algumas rádios, como a Inconfidência e a Itatiaia, por exemplo, enviaram nomes de profissionais que trabalharam na emissora desde a década de 1950. Nenhuma emissora consultada deixou de enviar a relação dos seus radialistas esportivos.Aos poucos, os nomes começaram a se repetir e as organizadoras fecharam a lista inicial em 267 radialistas esportivos para serem biografados. Assim, o planejamento, no começo da pesquisa, foi encerrado a partir da hipótese de que seriam biografados em torno de 250 radialistas esportivos de Minas Gerais.

A professora Nair lembra que, com o passar do tempo e a grande repercussão da pesquisa, no entanto, muitos novos nomes foram sendo agregados a cada dia e, mesmo no fechamento do livro, elas ainda recebiam sugestões para a inclusão de biografias, até mesmo dos próprios radialistas, como um que lhe telefonou e disse: “Eu sou um dos radialistas esportivos mais importantes que Minas Gerais já teve. Fiquei sabendo do livro da senhora e fiquei sabendo também que eu não estou neste livro. Estou à disposição!”.

A jornalista Maria Cláudia conta que até lobby aconteceu para a inclusão de nomes de radialistas na pesquisa. Elas receberam, certa vez, um telefonema de um conhecido, que disse assim: “Fiquei sabendo do seu livro e eu queria ver com você se o meu tio está incluído. Porque se ele não estiver, não vai ser um livro sério. Ele foi o homem mais importante do esporte no rádio de Minas Gerais”. Elas informaram que o tio, já falecido, estava devidamente biografado e até a foto havia sido enviada pela família.

 

Ao final do trabalho, o número de biografados foi fechado em 382, abrangendo radialistas vivos e falecidos, aposentados e na ativa, jovens e idosos, homens e mulheres, profissionais de microfone e dos bastidores, mas todos eles com uma característica em comum, que foi o norteador da pesquisa: todos com atuação no rádio esportivo de Minas Gerais.

Na segunda fase da pesquisa, de levantamento dos pesquisadores interessados em participar do projeto, as autoras convidaram os professores dos cursos de Comunicação de Belo Horizonte, profissionais de mercado e também estudantes de graduação. Além da Capital, a pesquisa foi realizada também na região dos Inconfidentes e nas cidades de Araxá, Juiz de Fora, Uberaba, Uberlândia e Viçosa, feita por professores e estudantes dessas localidades.

A terceira fase da pesquisa, de coleta de dados e produção de textos, se constituiu na parte mais delicada, trabalhosa e demorada do projeto, segundo a professora Nair. Ela explica que, “apesar de muitos radialistas ainda estarem em atuação no rádio esportivo, o que facilitou os contatos, muitos e muitos outros se encontravam em condições que dificultavam o levantamento de dados, como radialistas falecidos há bastante tempo, radialistas conhecidos apenas pelo apelido ou radialistas que se mudaram de cidade/Estado, sem deixar qualquer referência, entre outras situações”.

A jornalista Maria Cláudia lembra que a localização de alguns radialistas não foi tarefa fácil, pois muitos deles não têm facilidade com a internet e, em alguns casos, nem com o telefone. Assim, certa vez, obtiveram a seguinte informação: “Para se encontrar com este radialista, é só deixar um recado no Café Pérola, pois ele vai lá com frequência”.

Para a coleta dos dados, os pesquisadores usaram vários caminhos, desde os mais tradicionais como a entrevista presencial, entrevista por telefone, e-mail, Facebook, e também a busca por pessoas que, por meio da memória, puderam relatar fatos e passagens acerca da trajetória do biografado.

As pesquisadoras destacam que se trata de uma obra aberta e que o livro é, ainda, uma lista incompleta. Para a professora Nair, “este é o primeiro marco no resgate desses registros”. A jornalista Maria Cláudia completa: “Nossa expectativa é que a lista com os 382 nomes e as próprias biografias sejam reforçadas com a divulgação da pesquisa que publicamos no livro”. Elas lançam um desafio aos pesquisadores de todo o país, para que realizem em seus Estados investigações como esta, de modo que se possa ter, um dia, um registro mais fiel da história do rádio esportivo brasileiro.

O lançamento

Nada melhor do que o Mineirão, maior palco dos esportes do Estado, para lançar a Enciclopédia do Rádio Esportivo Mineiro. Os convidados serão recepcionados no Museu Brasileiro do Futebol, que ficará com as portas abertas para visitação. O Museu tem 14 salas interativas que retratam a história do Mineirão e do futebol mineiro, contada por meio de objetos, imagens, paineis e relíquias, como uma catraca original do estádio. “O Mineirão é a segunda casa de muitos radialistas esportivos. Eles passam mais tempo no estádio do que com as famílias, por isso ficamos orgulhosos de receber o lançamento desta importante obra no Museu Brasileiro do Futebol”, afirma o gerente de operações da Minas Arena, Severiano Braga.

Os convidados também poderão fazer uma visita guiada ao Mineirão. De meia em meia hora, serão formados grupos que, acompanhados de monitores bilíngues, irão conhecer os vestiários, camarotes, gramado e sala de aquecimento dos jogadores.

 

Lista dos 382 radialistas biografados

Abgar Santiago, Adalberto Rigueira, Adamar Gomes, AdelchiZiller, Ademir Cunha, Adilson Bombassaro, Afonso Alberto, Ailton Fonseca, Alair Rodrigues, Alberto Decat, Alberto Rodrigues, Alberto Viana, Aldair Pinto, Alencar da Silveira Júnior, Alfredo Sales, Alisson Ferreira, Almir Roberto, Almir Rodrigues, Aloísio Martins, Altino Alves, Álvaro Celso da Trindade (Babaró),Álvaro Damião, Amarante Ribeiro, Antônio Alves de Faria, Antônio Carlos, Antônio Guilherme da Cunha, Antônio Paulino, Aristóteles Atheniense, Armando Alberto, Artur Moraes, Assad de Almeida, Ataliba Guaritá Neto, Aulus Safar, Ayrton Moreira, Aziz Farid, Bob Faria, Bruno Azevedo, Bruno Marun, CaduDoné, Cardoso Neto, Carlos Alberto (Baiano), Carlos Augusto de Albuquerque, Carlos César Pinguim, Carlos Roberto Ribeiro, Carlos Roberto Sodré, Carlos Sevidanes, Carlos Valadares, Carlyle Guimarães, Celso Martinelli, Celso Squarcio, Cezar Rizzo, Chico Antônio, Chico Maia, Cid Penna, Cláudio Carneiro, Cláudio Luiz Nunes, Cláudio Renault, Cláudio Rezende, Cleto Filho, Cleto Gomes, Cosme Silva, Danielle Rodrigues, Danilo Bahia, David Cabernite, David Ferreira (Duque), Dênio Moreira, Diego Carvalho, Dimara Oliveira, Dirceu Costa Ferreira, Dirceu de Carvalho Buzinare, Dirceu Pereira, DomênicoBhering, Domingos Sávio Baião, Donizete Antônio da Silva, Douglas Xavier, Edison Neptuno, Édson Aquino, Édson Batista, Edson Bruschi, Edson França, Edson Pinheiro, Edson Rocha, Edson Rodrigues, Eduardo Madeira, Eduardo Vilaça, Élio Miranda do Nascimento, Ely Murilo Cláudio, Ely Zico de Freitas, Emanuel Carneiro, Emerson Rodrigues, Emerson Romano, Emir Cordeiro, Enio Lima, Erasmo Ângelo, Esmeraldo Botelho, Euclides dos Santos, Eurico Gade, Eustáquio Néli, Everaldo Melo (Caxinguelê), Fábio Pinel, Fábio Rodrigues, Fábio Vieira, Fabrício Calazans, Fausto Bahia, Felipão, Fernando Alves, Fernando Barroca Marinho, Fernando Luiz Baldioti, Fernando Rocha, Fernando Sasso, Fernando Vannucci, Flávio Anselmo, Flávio Barão, Flávio Carvalho, Flávio Júnior, Fortunato Pinto, Francisco Cícero Ragazzi, Francisco Rezende, GalbaEmílio Lima, Gama, Garcia Júnior, Geraldo Alves Padrão, Geraldo Braga, Geraldo Eustáquio, Geraldo Magela Tavares, Geraldo Maquiné, Geraldo Martins, Gerson Café (Freitas), Gerson Mendes, Gerson Sabino, Getúlio  Neuremberg, Gil Costa, Gilbert de Campos, Gilberto dos Santos, Gilberto Pinheiro (Gil), Gilberto Santana, Gino Beltrão, Giovanni Goulart, Gleno Rocha, Guilherme Gonser, Guilherme Melo, Guilherme Mendes, Guilherme Soares, Guto Rabelo, Hamilton Macedo, Haroldo de Souza, Hélio Aroeira, Hélio Fraga, Hércules Santos, Héverton Guimarães, Hilton Renault, Hugo Aroeira, Hugo Cardoso, Igor Assunção, Ilídio Costa, Inácio Novaes, Ito Abraão, Ivan Costa, Ivanildo Santos, J. Luiz, JacynthoSalviano, Jader de Oliveira, Jaime Júnior, Jaime Martins Filho, Jair Bozza Júnior, Jairo Anatólio Lima, Jairo Augusto, Jairo Estrela, Jairo Taborda, Januário Carneiro, Januário Silvestre, Jayme Rigueira, João Baptista Ardizoni Reis, João Baptista Villalba, João Batista de Oliveira, João Bosco Torres, João Carlos Oliveira, João da Conceição, João Fernando, João Natal, João Siqueira de Souza, João Vitor Xavier, Jonas Conti, Jorge Curi, Jorge Eustáquio Sérvulo, Jorge Kajuru, Jorge Luiz, José Antônio Luiz Filho, José Antonio Valentim, José Augusto Toscano, José Bonifácio da Costa Filho, José Calazans, José Céu Azul, José Cunha, José de Mattos Coelho, José Geraldo de Moura, José Gonçalves Moreira (Jotinha), José Herbert, José Jonusan, José Jorge, José Lino Souza Barros, José Luiz Gontijo, José Luiz Lima de Oliveira, José Maria Campos, José Maurício Veiga Lima, José Nardel, José Pedro da Silva (Monkey), José Silvério, Josué da Silveira, Jota Baranda, Jota Cassiano, Jota Junior, Jota Missias, Jota Moreira, Jota Sales, Jovelino Nunes Pinto, Juarez Salles, Juarez Távora Pinto, Jugurta Anatólio Lima, Júlio Batista, Júlio César de Oliveira, Júnior Brasil, Kafunga, Kleber Aleixo, Kleyton Borges, Lázaro Alvisi, Lélio Gustavo, Léo Coutinho, Leonardo Figueiredo, Leonardo Silvestre, Leopoldo Siqueira, Lísio Juscelino Gonzaga (Biju), Lucas Figueiredo, Lucélio Gomes, Luciano Duarte, Lúcio dos Santos, Luís Humberto Lara, Luiz Alberto Coelho Teixeira, Luiz Alberto Tomé, Luiz Antônio Costa, Luiz Augusto Mendonça, Luiz Carlos Alves, Luiz Carlos Gomes, Luiz Chaves, Luiz Cláudio Costa, Luiz Evandro Correa, Luiz Gonzaga Gomes Moreira, Luiz Gonzaga de Oliveira, Luiz Linhares, Luiz Otávio Pena, Marcão (Rodney Marcos Vitor), Marcelo Afonso, Marcelo Bechler Machado, Marcelo Couto, Marcelo Gomes, Marcelo José, Marcelo Machado Silva, Márcio de Freitas, Marcio Doti, Márcio Elias, Márcio Guerra, Marco Antônio Bruck, Marcos Baiano, Marcos Guiotti, Marcos Russo, Marcus Vinicius Papa Lobo, Margarida Magalhães, Mário Alaska, Mário Brito, Mário Helênio, Mário Henrique, Mário Luiz (Sebastião Luiz), Mário Marra, Mário Pataro, Mário Savaget, Marrocos Filho, Mateus Cabral, Maurílio Costa, Maurílio Grillo, Maurílio Cunha, Mauro Batista (Matista), Mauro Neto, Max Chinaiti, Messias José, Michel Ângelo, Milton Colen, Milton Gama, Milton Naves, Moreno Netto, Moura Miranda, Múcio Teixeira, Nair Prata, Nardyello Rocha, Natália de Sá, Nelson Eddy, Ney Lopes, Nilton Gonzaga, Normandes José Moreira, Odilon Araújo, Olímpio Campos (Pinduca), Orlando Augusto, Orlando José, Orlando Moreira, Osmar Xavier, Osvaldo Faria, Osvaldo Reis, Paulo Azeredo, Paulo Celso Rodrigues Ramos, Paulo César Magella, Paulo Marques, Paulo Nunes Vieira, Paulo Roberto Fidélis, Paulo Roberto Pinto Coelho, Paulo Rodrigues, Paulo Santana, Pedro Elias, Pedro Henrique Vieira, Rachid Woner, Rafael Araújo, Ramon Salgado, Régis Souto, Reinaldo, Renato Ribeiro, Ricardo Wagner, Roberto Abras, Roberto Amaral, Roberto Marques, Roberto Rocha, Rodrigo Mineiro, Rodrigo Rocha, Roger Luiz, Rogério Bertho, Rogério Corrêa, Rogério Freitas Muniz, Rogério Silva, Romeu Araújo, Romeu Varzano, Ronan Ramos, Sabino Filho, Samuel Venâncio, Sebastião Remígio, Sérgio Ferrara, Silas Ferreira, Silva Netto, Son Salvador, Sônia Caldas Pessoa, Tancredo Naves, Tânia Mara, Tarcísio Boaventura, Teixeira Neto, Thiago Reis, Tião das Rendas, Toinzé, Tony Copas, Tony José, Tostão, Ulpiano Chaves, Úrsula Nogueira, Valdir Barbosa, Vera Lima, Vicente Gomes, Victor Couri, Vilibaldo Alves, Vitor Nascimento, Wagner Alexandre, Waldir de Castro, Waldir Rodrigues, Walmir Gonçalves de Almeida, Walter Elyzio, Walter Luiz, Wander Santos (Dilson Francisco), Wander Tomaz, Wellington Campos, Wenceslau Resende, William José de Assis, Willian Jorge, Willy Gonser, Wilson José da Silva, Wilson Pedro, XicoSimonini, Zé do Monte, Zezito.

 

Lista dos 101 autores das biografias

Adriana Bravin, Alessandra Faustino, Aline Aguiar, Allan Almeida, Allãn Passos, Amanda Pereira, Ana Flávia Miranda, Ana Pessoa Santos, André Luís Mapa, André Luiz Silva, André Peixoto, Andreza Gischewski, Ângela de Moura, Bárbara Zdanowsky, Briza Martins, Bruno Torres, Caio Nunes, Camila Freitas, Camila Pravato, Cândida Borges Lemos, Carolina Fernandes, Cíntia Neves, Cíntia Sousa, Cleiton Augusto Soares, Daniel Seabra, Débora Oliveira, Eduardo Almada, Eugene Francklin, Eustáquio Ramos, Fernanda de Paula da Silva, Fernanda Matias,  Fernanda Prata, Flávia Rodrigues, Flaviano da Silva, Guilherme Abreu Guimarães, Gustavo Abreu, Hila Rodrigues, Iromar Pereira Lima (Billy Lima), Jacqueline Apolinário, Jacqueline Moura, Jaqueline Morelo, Jessica Meireles Santana, João Felipe Lolli, Júlia Neves, Juliana Ferreira Melo, Juliana Siqueira Pio, Kátia Pereira, Kelle Lopes, Kíria Ribeiro, Larissa Kümpel, Laura Lana, Leandro Couri, Leo Cunha, Leopoldo Siqueira, Letícia Bessa, Liliane Mendes, Lorena Franco, Luana Aparecida Silva, Luana Viana e Silva, Lucas Ferreira Martin, Luciana Praxedes, Luciano Andrade Ribeiro, Luiz Martini, Luiz Otávio Correa, Maíra Duarte, Marcela dos Santos, Marconi Turci de Lima, Marcos Aurélio Júnior, Marcos Guiotti, Maria Beatriz de Castro, Maria Cláudia Santos, Mariana Goulart Hueb, Maristela Rocha, Maysa Teixeira Souza, Mirna Tônus, Nair Prata, Núbia Maria Silva de Azevedo, Patrícia Alves, Paula Arantes Martins, Paula Miranda, Paula Vieira, Paulo Víctor Gonçalves, Rafael Câmara, Renato Henriques de Faria, Roger Luiz, Samuel Perpétuo, Samuel Santos, Sandra Garcia, Selma Sueli Silva, Sônia Caldas Pessoa, Suzana Rosarantes, Tácito Chimato, Thalita Neves, Thassiana Macedo, Thiago Guimarães Araújo, Vinícius Silveira de Souza, Waldiane de Ávila Fialho, Wanir Campelo, Washington Santana, Yasmim Martins, Yuri Lira.

———————

SERVIÇO

Lançamento do livro: Enciclopédia do Rádio Esportivo Mineiro

Organização do livro: Nair Prata e Maria Cláudia Santos

Capa: Son Salvador

Editora: Insular

Data: 24 de março de 2014 (segunda-feira)

Horário: 19h às 22h

Local: Mineirão

Apoio: Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE), Sindicato das Emissoras de Rádio e Televisão de MG (SERT-MG), Multimarcas Consórcios, Minas Arena e Museu Brasileiro do Futebol

Contatos:

Nair Prata: nairprata@uol.com.br / (31)9985-5826

Maria Cláudia Santos: mariaclaudiasantos@yahoo.com.br / (31)9757-8756

Editora Insular: insular@insular.com.br / rolim@insular.com.br

Relacionado

2 Comentários
  • João Villalba
    Postado às 16:08h, 08 abril Responder

    Agradeço imensamente às jornalistas Nair Prata e Maria Cláudia Santos, além dos autores das biografias, como a jornalista Jaqueline Morelo, e demais colabores dessa fabulosa obra, pela lembrança e por me darem esse orgulho de ser incluído na história do rádio mineiro, em meio a consagradíssimos nomes.
    Forte abraço a todos,
    João Villalba

  • Fernando
    Postado às 11:54h, 13 outubro Responder

    Amigos,
    Moro no Rio de Janeiro, e gostaria que informassem onde consigo este belo livro ??

    Fico no aguardo e obrigado pela atenção.

Escreva um Comentário